Mais nove mil trabalhadores inscritos no INSS após crise de covid-19

by -20 views

Díli- O Presidente da Câmara do Comércio e Indústria de Timor-Leste (CCI-TL), Óscar Lima, revelou que, após a crise provocada pelo novo coronavírus, mais nove mil trabalhadores de empresas que pertencem à CCI-TL se inscreveram no Instituto Nacional de Segurança Nacional (INSS). No total, são cerca de 84 mil os trabalhadores inscritos.

“Registámos uma subida significativa em relação ao número de pessoas registadas no INSS. Após a situação de crise causada pela covid-19, foi possível registar mais nove mil trabalhadores”, disse na passada semana, após o encontro com a Ministra da Solidariedade Social e Inclusão, Armanda Berta, em Caicoli.

Segundo o presidente, entre os trabalhadores que tinham o direito a 60% do subsídio extraordinário do Governo, houve alguns que acabaram por não o receber por falta de documentação. Face a este contratempo, Óscar Lima lembrou a necessidade de se promoverem ações de informação.

Recorde-se que o Governo aprovou, em abril, no âmbito da crise provocada pela covid-19, um subsídio extraordinário de 60% para os salários dos trabalhadores timorenses, uma medida que teve como objetivo mitigar o impacto nos rendimentos dos trabalhadores e apoiar as empresas.

Previa-se um subsídio extraordinário atribuído durante três meses, caso o contrato do trabalhador fosse suspenso ou o seu horário de trabalho reduzido.

Além deste subsídio, trabalhadores e empresas foram dispensados de efetuar as contribuições para a Segurança Social. (mj2)