Mais de 87% das famílias já receberam o subsídio. Em Díli e Ainaro falta pagar a mais de 26% dos agregados

by -106 views

DÍLI- Já 261.831 famílias dos 12 municípios, o equivalente a 87,7% dos agregados familiares, tinham recebido, até este sábado (20/06), o apoio monetário de 200 dólares. O Governo desembolsou já 52,4 milhões de dólares americanos.

“Até ontem, 20 de junho, as equipas do MSSI já tinham pago a 261.831 agregados familiares dos 12 municípios, num total de 52,4 milhões de dólares americanos”, revelou o Diretor-Geral do Ministério da Solidariedade Social e Inclusão (MSSI), Rui Exposto, este domingo (21/06), em Caicoli, Díli.

Segundo o diretor, foram também registadas 10.203 reclamações nos 12 municípios.

De acordo com os dados disponibilizados pelo MSSI, a percentagem de pagamentos em dez municípios situava-se acima dos 89%. Já em Díli e Ainaro, os valores não passam dos 70,9% e 73,5%, respetivamente, o que significa que mais de 26% das famílias destes dois municípios ainda não tinham recebido o apoio monetário.

Rui Exposto reconheceu apenas o atraso no município de Díli e disse que será acelerado o pagamento nos cinco sucos da capital onde ainda não foi finalizado.

“Começamos a concentrar-nos em Díli a partir de hoje e amanhã para acelerar o processo do pagamento. Aqui, na capital, só faltam cinco sucos, Becora, Manleuana, Comoro, Bairro Pité e Fatuhada”, disse.

Segundo o diretor-geral, a equipa de pagamento em Becora tem ainda de se deslocar a uma aldeia em Darelau, distante do suco.

Rui Exposto ainda acredita que o pagamento deste subsídio poderá terminar, como previsto, hoje (22/06).

“Não posso garantir, mas estamos a tentar acelerar o pagamento entre hoje e amanhã”, afirmou.

Recorde-se que o pagamento dos subsídios teve início a 09 de junho e deveria terminar a 22 deste mês. A medida abrange 298.495 famílias e custa ao Estado mais de 59,6 milhões de dólares.

O apoio monetário, no valor de 100 dólares americanos por mês, é atribuído a cada família em que nenhum dos seus membros aufira mensalmente um valor superior a 500 dólares americanos. Nesta primeira fase, são pagos dois meses, o correspondente a 200 dólares americanos.

A medida do Governo tem como objetivo apoiar as famílias mais carenciadas ou que perderam os seus rendimentos devido à crise provocada pela covid-19. (isa)

No More Posts Available.

No more pages to load.