Mais de 500 estudantes não bolseiros receberão subsídio de segunda fase

by -53 views

DÍLI- O Governo atribuirá, no âmbito da crise provocada pela covid-19, o subsídio da segunda fase a mais de 500 estudantes não bolseiros que residem no estrangeiro.

“Já apresentámos a proposta do decreto-lei em Conselho de Ministros. Se for aprovada na próxima semana, poderá ser enviada ao Presidente da República para promulgação. Será atribuído o subsídio para mais de 500 estudantes não bolseiros registados na segunda fase”, afirmou a Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Adaljiza Magno, na Praia dos Coqueiros, em Díli.
Questionada sobre o pedido de estudantes não bolseiros para o regresso a Timor-Leste, a governante explicou que o ministério já recebeu cartas de alguns deles.

“Já recebi cartas, a maioria de estudantes que residem nas Filipinas. Não recebi apenas dos alunos, mas de outros timorenses que querem regressar a Timor-Leste”, acrescentou.

Segundo a ministra, estes casos devem ser analisados e, com base nessa análise, o Executivo poderá tomar uma decisão.
Recorde-se que o Governo já pagou, numa primeira fase, a 1.121 estudantes que residem em Java, 226 em Bali, 33 em Atambua e 195 em Kupang, na Indonésia. Receberam ainda o subsídio um estudante na Índia, oito na Austrália e 461 em Portugal, o que perfaz um total de 2.351 estudantes não bolseiros. (isa)

No More Posts Available.

No more pages to load.