Mais de 50 seguranças do HNGV participam na formação “O hospital ama os bebés”

by -46 views

DÍLI- Mais de 50 seguranças do Hospital Nacional Guido Valadares (HNGV) participam numa formação de três dias subordinada ao tema “O hospital ama os bebés” de modo a que estes profissionais sensibilizem as famílias dos recém-nascidos para evitarem levar para o centro hospitalar chupetas, biberões e leite em pó.

“Implementamos no HNGV a política ‘O hospital ama os bebés’ e, como tal, realizamos atividades de divulgação de informação sobre este tema junto dos seguranças”, afirmou a Chefe do Gabinete de Controlo de Qualidade e Comunicação Social do HNGV, Sara Maria Xavier, esta terça-feira (08/09), em Bidau Toko Baru, em Díli.

Segundo Sara Maria Xavier, a formação pretende que as famílias das parturientes compreendam que este hospital não pode autorizar visitas com biberões, chupetas e leite em pó para os recém-nascidos.

“O leite em pó pode afetar a saúde dos bebés e provocar diarreia, infeção das vias respiratórias, o que põe em risco a sua vida. Depois do nascimento, autorizamos apenas a amamentação”, alertou.

A Chefe do Gabinete recordou ainda que a amamentação se deve manter até aos dois anos e, aos seis meses, acompanhada por alimentos nutritivos para que os bebés se possam desenvolver física e mentalmente.

Sara Maria Xavier advertiu que, apesar de as famílias levarem sempre o biberão e leite em pó para o hospital, estes artigos são apreendidos pelos seguranças.

“Se algumas mães tiverem complicações e forem obrigadas a internamento na Unidade de Cuidados Intensivos ou na sala de operações, com autorização ou indicação dos médicos de que o bebé precisa de leite em pó, podem entrar. Os chefes de unidade e os seguranças devem, contudo, ter conhecimento para que se evite a apreensão”, sublinhou.

Tina Belo, segurança no HNGV, destacou, por sua vez, a importância da formação para a comunicação com as famílias dos recém-nascidos, que passa também pela entrega de panfletos.

“Na maternidade e na sala dos bebés prematuros, não são permitidos o biberão e o leite em pó sem autorização dos médicos. Só com problemas de saúde do bebé é que se obtém autorização do médico para tal”, afirmou. (isa)

No More Posts Available.

No more pages to load.