Mais de 200 estudantes de enfermagem e parteiras de ISC realizam exames de competências pré-clínicas

by -41 views

DÍLI- Mais de 200 estudantes dos departamentos de Enfermagem e de Parteiras da Faculdade de Ciências da Saúde do Instituto do Superior Cristal (ISC) realizaram, este sábado (22/08), um exame escrito e prático de laboratório para testar as competências pré-clínicas antes de avançarem para o estágio.

“Hoje, decorreu a cerimónia de abertura dos exames de competências pré-clínicas para os estudantes dos departamentos de Enfermagem e Parteiras da Faculdade de Ciências da Saúde. Realizaram exames escritos e de prática de laboratório, como acontece habitualmente na área da saúde, para que possam fazer estágios”, afirmou o Reitor do ISC, Sebastião Pereira, aos jornalistas, em Balide, Díli.

De acordo com Sebastião Pereira, com o exame prático pré-clínico, pretende conhecer-se, entre outras, as competências dos alunos relativamente aos equipamentos médicos, à assistência a pacientes e parturientes.

“São no total 204 estudantes, 60 dos quais do Departamento de Parteiras e os restantes de Enfermagem. Estes estudantes farão estágios com uma duração de três meses”, disse.

Segundo o responsável, o estágio será realizado em diferentes unidades de saúde públicas.

“Deveremos fazer o pedido à Ministra da Saúde para que autorize os nossos estudantes a realizarem o estágio no Hospital Nacional Guido Valadares, nos hospitais de referência de Maliana, Baucau, centros de saúde e postos de saúde”, afirmou.

Paulina Pinto, representante da Associação das Enfermeiras de Timor-Leste (AETL), referiu, por sua vez, a importância da prática depois da aquisição de conhecimentos teóricos nas áreas de enfermagem e de partos.

“A prática não é muito fácil, mas é necessária, quando terminam a teoria”, disse, pedindo também aos estudantes que se preparassem mentalmente para o estágio.

“São necessários três pontos importantes para serem enfermeiros ou parteiras: acreditarem em si próprios, desenvolverem competências e porem em prática os conhecimentos obtidos”, acrescentou.

A responsável sugeriu ainda aos universitários deste departamento que pedissem apoio aos seus colegas nas unidades de saúde.

Também Anacleta do Rosário Quintão, estudante do Departamento de Enfermagem, recordou a importância deste exame de competências.

“Sinto-me orgulhosa por realizar o exame de competências pré-clínicas, porque podemos compreender e treinar a nossa mente para contactarmos com os pacientes antes do estágio”, disse.

Para Anacleta, os alunos sentem-se preparados para os estágios nas unidades de saúde do país. (isa)

No More Posts Available.

No more pages to load.