Mais 124 pessoas saíram esta segunda-feira de quarentena

by -30 views

DÍLI– Saíram, esta segunda-feira (13/04), mais 124 pessoas que estavam em quarentena obrigatória em Tíbar e nos hotéis Luz Clarita, Viana e João Paulo, uma medida adotada pelo Governo para combater o coronavírus no país.

“Estas pessoas já cumpriram os 14 dias de confinamento obrigatório. São 124. Estão nos centros de Tíbar e nos hotéis Viana, Luz Clarita e João Paulo”, afirmou a Diretora-Geral da Prestação de Serviços de Saúde, Odete Viegas.

A diretora-geral referiu a importância de estes sintomas se manifestarem antes do término da quarentena para que os profissionais de saúde possam responder rapidamente aos casos.

“Se os sintomas destas pessoas se manifestarem durante o confinamento obrigatório, isto é bom para nós, pois podemos controlá-las antes de regressarem para as suas residências. Em caso de testes negativos, podem sair. Se tiverem resultados positivos, colocamo-los em isolamento”, recordou.

A responsável pediu a estas pessoas que cumprissem as medidas de prevenção, nomeadamente a distância social, o uso de máscaras, a lavagem das mãos e que saíssem apenas em caso de necessidade.

Odete Viegas adiantou que se evitará a partir de agora a partilha de quartos nos centros de quarentena.

“O Ministério da Saúde trabalha em parceria com o Ministério do Turismo, Comércio e Indústria e começámos a colocar uma pessoa por quarto. Desde ontem que, depois de saírem, começámos a desinfetar os locais em quarentena e hoje se começaram a mudar. Se alguns hotéis tiverem duas pessoas num quarto, começamos a mudá-las”, reafirmou.

Odete Viegas mostrou-se ainda preocupada com o incumprimento das regras e medidas de prevenção por parte de pessoas em quarentena.

“A maioria destas pessoas não cumpre. Se houver um caso positivo, com certeza que já contactou com outras pessoas mais próximas, que poderão também estar infetadas”, advertiu.

A diretora apelou, como tal, às pessoas ainda em confinamento obrigatório para respeitarem as regras e serem disciplinadas.

Já o representante do Diretor-Geral do Ministério da Administração Estatal, Paulo Natalino, pediu apoio à Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) para levar as pessoas saídas de quarentena para a administração do município.

“Pedi à família das pessoas que estiveram em quarentena para as irem buscar à administração de cada município, porque não podem vir diretamente aos centros”, adiantou.

Os dados do Ministério da Saúde desta segunda-feira (13/04) dão conta de 637 pessoas em quarentena, tendo já deixado o confinamento obrigatório 1.261 pessoas.

Registam-se atualmente mais dois casos confirmados de covid-19, o que perfaz um total de quatro infetados, sendo que um já recuperou. Verificam-se ainda 168 casos suspeitos. Esperam os resultados dos testes 53 pessoas e deram negativo 111. (isa)