Maioria dos trabalhadores desconhece existência de sindicato

by -93 views
Ilustração de profissões de trabalhador

DÍLI (Timor Post) – A Confederação de Sindicato de Trabalhadores de Timor-Leste (CSTTL) disse estar preocupada com a maioria dos trabalhadores do setor privado por desconhecer a existência da própria entidade.

A CSTTL promete mais empenho para “lutar contra injustiça social”.

“A nossa comunidade sabe muito pouco do sindicato que luta contra as irregularidades no setor do emprego, no país”, informou Almério Vila Nova, Presidente da CSTTL, ao Timor Post, no domingo (23/10), no seu local de trabalho, em Bemori.

O dirigente lembrou ainda que muitos trabalhadores perderam o emprego por causa da pandemia da covid-19 e outros sofreram cortes no vencimento.

“A lei do trabalho não está a ser bem implementada.  Os empregadores agem conforme a sua vontade e o Governo não está a lidar bem com a questão ”, referiu.

O responsável sublinhou também que é difícil para a CSTTL ter uma relação de proximidade junto dos trabalhadores no sentido de lhes garantir a proteção por falta de informação.

Almério Vila Nova acrescentou, por último, que a confederação envidará todos os esforços para lutar contra a injustiça social a fim de  garantir e assegurar o direito dos trabalhadores. (kyt)

No More Posts Available.

No more pages to load.