MAE propõe cancelamento das comemorações do 20 de Maio

by -42 views

DÍLI- O Vice-Ministro da Administração Estatal, Abílio José Caetano, propôs ao Primeiro-Ministro (PM), Taur Matan Ruak, que cancelasse as comemorações do Dia da Restauração da Independência de Timor-Leste, a 20 de maio deste ano, devido à vigência do estado de emergência.

Segundo Abílio Caetano, o MAE emitiu uma carta ao PM a sugerir o cancelamento do 20 de Maio, explicitando as suas razões.

“Já apresentei esta proposta pessoalmente ao Primeiro-Ministro e por meio de uma carta, sugerindo-lhe o cancelamento das comemorações, pois o estado de emergência só terminará no dia 26 de maio. Pretendemos, como tal, evitar aglomerações de pessoas como as que ocorreram nas últimas celebrações”, afirmou o vice-ministro, esta segunda-feira (11/05), aos jornalistas, no salão do MAE, em Díli.

“O MAE propõe ao PM que seja apenas apresentado o discurso do Presidente da República alusivo ao dia da restauração ao povo timorense, na noite do dia 19 de maio. Aguardamos ainda a resposta do PM sobre esta proposta”, referiu.

Abílio José Caetano acrescentou que não terá lugar a celebração da missa neste XVIII aniversário da restauração da independência de TL, sugerindo à população que hasteie a bandeira da RDTL em frente das suas habitações.

“Temos de respeitar a nossa bandeira. Se quisermos içá-la, sugiro à comunidade que sejam usadas hastes adequadas e não, como vi muitas vezes, em anos anteriores, atadas de qualquer forma em latas de areia”, apelou. (ono)

No More Posts Available.

No more pages to load.