Luta Hamutuk preocupada com  mau estado das estradas

by -53 views
Diretor-executivo da Luta Hamutuk, José Alves

Díli – A Organização Não Governamental (ONG) Luta Hamutuk mostra-se preocupada com o mau estado das estradas nacionais, nomeadamente com  a via que liga Díli a Gleno.

O diretor-executivo da Luta Hamutuk, José Alves, destacou que a própria cidade de Díli está repleta de ruas com buracos, inclusive com o desabamento do asfalto em algumas das artérias da capital sem que o  Ministério das Obras Públicas (MOP) tenha feito qualquer tipo de intervenção.

“Pedimos, por isso, ao novo ministro da tutela que dê instruções às direções responsáveis para efetuarem operações de manutenção das estradas que se encontram  em péssimo estado de conservação”, disse José Alves aos Timor Post, esta segunda-feira (28/03), no seu local de trabalho, no Farol, Díli.

Segundo o responsável, o recém-empossado ministro deve ser mais enérgico e ter iniciativa no desempenho das suas funções.

“O novo ministro das Obras Públicas é como um ‘atleta suplente’ que substituiu o antecessor ‘jogador’, o ministro cessante Salvador Pires. A meu ver, o novo deve dar sangue novo à equipa que integra o seu ministério. Peço-lhe que exerça as suas funções de forma responsável no sentido de solucionar os problemas das infraestruturas no país, ao invés de ser governante apenas para servir os interesses do seu partido”, recomendou.

Já Evaristo Soares, um dos habitantes que reside nas proximidades de uma rua, onde uma parte cedeu devido à falta de cuidado com a circulação das águas pluviais.

“Parte da rua ruiu, tornando-se uma ameaça para os transeuntes e circulação rodoviária. Entretanto, os técnicos do MOP foram ao terreno inspecionar os estragos”, informou. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.