Lei relativa ao lixo sem implementação em Díli

by -60 views

DÍLI– A lei de Higiene e Ordem Públicas, que prevê coimas para quem depositar o lixo em locais inapropriados, não está a ser cumprida na capital, afirmou, esta quinta-feira (25/02), o Presidente da Autoridade do Município de Díli, Gaspar Soares.

 Segundo o dirigente, não estão a ser aplicadas as coimas, entre 5 e 500 dólares, a habitantes que depositam o lixo em valas, vias públicas ou passeios, como prevê o decreto-lei 33/2008.

“Ainda não aplicámos esta lei por causa das condições financeiras da população. Se o quisermos fazer, é necessário um padrão claro, por exemplo no que toca ao valor das coimas”, disse, em Comoro, Díli.

O responsável recordou, contudo, que as autoridades municipais continuam a informar os habitantes sobre esta legislação.

“O município de Díli está a trabalhar muito bem na gestão do lixo na capital. Para reforçar o nosso compromisso, a participação da comunidade é muito importante”, alertou.

Gaspar Soares lembrou ainda os problemas de saúde que o lixo pode causar. (isa)

No More Posts Available.

No more pages to load.