KOICA oferece 50 mil dólares a SEPC para aquisição de EPI

by -55 views

Díli – A Agência de Cooperação Internacional da Coreia (KOICA, em inglês) ofereceu 50 mil dólares à Secretaria de Estado da Proteção Civil (SEPC) para a prevenção da covid-19 em Timor-Leste, no âmbito de um acordo assinado pelas duas instituições.

O Secretário de Estado da Proteção Civil, Alexandrino de Araújo, considera que este apoio representa mais um passo na cooperação entre o Governo timorense e a KOICA.

“Os 50 mil dólares destinam-se à prevenção da covid-19, sobretudo à aquisição de equipamentos [de proteção individual (EPI)], que será levada a cabo pela Cruz Vermelha de Timor-Leste (CVTL), através de um acordo entre a SEPC e esta organização”, referiu o governante, aquando da sua intervenção, após a cerimónia de assinatura do acordo de cooperação com a KOICA, na passada terça-feira (26/05), em Caicoli.

O governante agradece ainda ao Governo sul-coreano o apoio concedido e o sentimento de solidariedade para com o povo timorense.

“A SEPC vai só receber EPI no valor de 50 mil dólares, oferecidos pelos nossos grandes amigos da KOICA”, disse.

Farão parte destes EPI, entre outros materiais, máscaras e gel desinfetante.

O SEPC recordou a crise provocada pela covid-19 no mundo, nomeadamente em Timor-Leste.

“Timor-Leste está já livre da covid-19 e não regista nenhuma morte. Estamos hoje com zero casos ativos. Mas devemos antecipar o futuro, pois corremos riscos com o nosso país vizinho, a Indonésia, onde se registam ainda muitos casos”, afirmou.

Alexandrino insistiu, como tal, na ideia de antecipação por parte do Executivo timorense, pois esta doença é “invisível” e não conhece “velhos ou jovens, ricos ou pobres”.

Já o Diretor Residente da KOICA, Sikhyon Kim, lembrou que Timor-Leste tem, nos últimos anos, vivido numa crise e esta agência valoriza a solidariedade humana.

“Para vencer o inimigo invisível, devemos cooperar”, afirmou.

O diretor lembrou ainda que Timor-Leste passou já por um primeiro teste também enfrentado por vários países.

“Finalmente, Timor-Leste está livre da covid-19, mas ainda não temos certezas sobre a situação atual”, referiu.

A Presidente da CVTL, Madalena Hanjam, agradeceu, por sua vez, os apoios concedidos por vários parceiros internacionais para a prevenção da covid-19.

“Agradecemos aos nossos parceiros. Se aguardarmos apenas o nosso Governo, poderá demorar mais de seis meses para que o orçamento seja executado. A CVTL pode contactar com os países próximos para nos ajudarem”, disse.

Segundo a presidente, a CVTL comunicará com a Indonésia para importar os EPI, que serão adquiridos por terra, caso não seja possível por via aérea.

“Vamos fazer a aquisição destes EPI. A Indonésia quer ainda oferecer de forma gratuita alguns dos EPI ao nosso Governo. Pretendemos também comprar diretamente estes materiais em fábricas”, disse. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.