Júlio Tilman defende um novo porto em Karavela para impulsionar economia

by -54 views

Díli- Júlio Amaral Tilman, economista timorense, defendeu, no passado sábado (25/01), a criação de um novo porto em Karavela, no município de Baucau, para estimular o setor económico do país.

“Para que a economia e as atividades de pesca no mar de Timor ganhem um novo fôlego, o Governo tem de construir um porto na área de Karavela”, afirmou em declarações aos jornalistas do Timor Post, no campus da Universidade da Paz (UNPAZ).

Júlio recordou também que, apesar de Timor-Leste ter mantido laços de cooperação com a China no que diz respeito ao investimento nas pescas, não viria a ser bem-sucedido devido a “determinados constrangimentos terem surgido durante a cooperação”.

O economista defendeu ainda a realização de atividades ligadas à fiscalização e proteção da biodiversidade no mar de Timor, com especial destaque para a área de Karavela.

“Não podemos falar em demasia sem que as nossas ações tenham sido concretizadas no que toca à proteção das riquezas no nosso mar. É, pois, vital garantirmos a segurança marítima, sobretudo a nossa capacidade de intervenção em quaisquer atividades ilícitas nesta área”, afirmou.

Tilman apelou ainda a todas as entidades responsáveis pelo setor económico que colaborassem para impulsionar a economia do país e, ao mesmo tempo, beneficiar do seu posicionamento marítimo.

“É necessário que o Executivo timorense gira a questão da capacidade de pescas conjuntamente com os países vizinhos, como a Austrália e a Indonésia, no sentido de garantir o controlo das embarcações de pesca”, referiu.

O economista reconheceu, no entanto, as debilidades do Governo timorense neste setor, designadamente a falta de embarcações e as más condições do porto, que impedem um controlo mais efetivo da pesca ilegal no mar de Timor. Por tudo isto, Júlio Tilman insistiu na ideia de criação de um novo porto em Karavela. (jxy)