João ‘Becora’ apoia candidatura de Abílio ‘Mausoko’ a PAMD

by -37 views

DÍLI – João da Silva, conhecido como João ‘Becora’, apoia a candidatura de Abílio ‘Mausoko’ a Presidente da Autoridade do Município de Díli (PAMD).

‘Becora’, antes ligado à resistência timorense, considera que Timor-Leste precisa de líderes com  influência, salientando que ‘Mausoko’ não é alguém desconhecido para a juventude e população, principalmente em Díli.

“Soko não é uma pessoa nova. A capacidade de gestão não é um problema, mas é precisa influência para que a capital possa ser disciplinada”, disse João ‘Becora’,esta segunda-feira (11/01), via telefone.

De acordo com João ‘Becora’, há vantagens em Abílio ‘Mausoko’ liderar o município de Díli. Acredita também que o Governo pode depositar confiança nele para assumir esta responsabilidade.

“Precisamos de uma figura que não garanta apenas a segurança, mas que esteja ligada à história. Por vezes, as pessoas querem ouvir outras com história e, assim, cumprem”, sublinhou.

João acrescentou que Díli precisa de um líder que possa resolver imediatamente quatro problemas- o lixo, a construção de casas perto da ribeira, a ocupação de propriedades do Estado e o “sistema de retribuição”.

Recorde-se que oMinistro da Administração Estatal (MAE), Miguel de Carvalho Pereira, disse que Abílio Mesquita, conhecido como Abílio ‘Mausoko’, é candidato ao cargo de Presidente da Autoridade do Município de Díli, mas ainda não foi eleito.

“As informações vindas a público dão conta de queAbílio ‘Mausoko’ foi eleito Presidente da Autoridade. Esta é uma informação falsa”, afirmou Miguel Pereira ao Timor Post, esta sexta-feira (08/01), no Palácio do Governo.

O governante adiantou que a equipa de júri de recrutamento está na fase de seleção dos documentos dos administradores e presidente da autoridade e que a prova escrita se realizará entre o final deste mês e o início de fevereiro.

“A comissão está na fase de preparação para divulgação das listas definitivas dos candidatos que passaram à prova escrita”, referiu

Abílio ‘Mausoko’ tinha antes afirmado que, como cidadão, tinha de mostrar a sua disponibilidade para assumir estas responsabilidades.

O candidato rejeitou, contudo, as informações partilhadas nas redes sociais de que já teria sido eleito para o cargo.

 “Se o Governo me der esta responsabilidade, estou disponível para a assumir”, sublinhou.(cao/ Júlio Salina Soares)

No More Posts Available.

No more pages to load.