JADTL doa sangue no âmbito da comemoração do Dia dos Namorados

by -48 views

DÍLI-A Associação de Juventude para Ação de Desenvolvimento de Timor-Leste (JADTL) efetuou, este sábado (13/02), no âmbito da comemoração do Dia dos Namorados, uma ação de doação de sangue.

“Decidimos doar sangue para comemorar o Dia dos Namorados, a 14 de fevereiro. Enquanto jovens e cidadãos timorenses, ao darmos sangue estamos a contribuir para salvar vidas. É importante sermos dadores”, afirmou o Presidente da JADTL, David de Almeida, em Becora, Díli.

Segundo o responsável, esta ação de solidariedade que passa por doar sangue visa reforçar o banco de sangue das unidades de saúde. Pediu igualmente o reforço de dadores voluntários para fazer face à falta de sangue em todo o território.

“Celebramos, hoje, o Dia dos Namorados através da doação de sangue. Esta iniciativa de cariz solidário é muito mais importante do que comemorarmos este dia em locais públicos, como os jardins do Largo Lecidere e de Cristo Rei. Não necessitamos de realizar uma festa. O que importa é contribuirmos para a saúde do nosso Estado e do País através da doação de sangue”, reafirmou.

David de Almeida referiu ainda que os jovens envolvidos nesta ação de solidariedade são, entre outros, estudantes da Universidade da Paz.

Já o Gestor do Programa de Doação de Sangue da Cruz Vermelha de Timor-Leste (CVTL), Jacinto Luís, afirmou que a instituição tem trabalhado em parceria com o Banco de Sangue de diferentes centros hospitalares com o objetivo de recolherem mais sangue doado por pessoas, sobretudo jovens.

“Hoje, realizámos esta ação de solidariedade juntamente com estes jovens para comemorarmos o Dia dos Namorados, a 14 de fevereiro. A iniciativa visa doar sangue e, assim, reforçar o banco de sangue de centros hospitalares, seja o do Hospital Nacional Guido Valadares seja o de hospitais de referência localizados nos diferentes municípios”, sublinhou.

Já a responsável pela equipa de recolha de sangue da CVTL, Adelina Martins, mencionou os critérios específicos para se ser dador voluntário, destacando, entre muitos, a necessidade de o cidadão ter mais de 45 quilogramas.

“Para se doar sangue, a pessoa deverá estar de boa saúde, descansar no mínimo oito horas, ter mais de 45 quilogramas e ter uma boa tensão arterial. Recordo que as grávidas e as mães que estão a amamentar estão proibidas de dar sangue”, explicou. (isa)

No More Posts Available.

No more pages to load.