Indivíduo condenado a 12 anos de prisão por abuso sexual de enteada

by -54 views

DILI— O Tribunal Distrital de Díli (TDD) condenou um homem a uma pena de 12 anos de prisão pelo crime de abuso sexual da enteada.

O Tribunal deu como provado o crime de abuso sexual de menor, previsto no artigo 177.º do Código Penal de Timor-Leste, punível com uma pena entre os cinco e os 20 anos de prisão.

O caso remonta a 2017, em Manleuana. O arguido, depois de verificar que a mãe da vítima estava a dormir, entrou no quarto e abusou sexualmente da menor.

O homem tentou ainda abusar uma outra vez da jovem quando esta estava a tomar banho, mas os gritos da menor afastaram-no.

Depois do abuso, a jovem procurou proteção na casa do seu pai biológico e apresentou queixa à polícia.

O arguido negou todas as acusações, declarando que “apenas espreitava a vítima sem lhe tocar ou ter relações íntimas com ela”.

O TDD deu como provadas as acusações, considerando incorretas apenas as datas das ocorrências. (jxy)

No More Posts Available.

No more pages to load.