Hotel Novo Turismo recebe dez formandos da SEFOPE

by -34 views

DÍLI – O Hotel Novo Turismo recebeu, após uma formação de seis meses na Escola Politécnica de Turismo (Poltekpar, em indonésio), em Bali, Indonésia, dez formandos da Secretaria de Estado da Formação Profissional e Emprego (SEFOPE), disse na terça-feira (22/09) o Diretor Nacional da Formação e Emprego, Mateus dos Santos Tallo.

“Temos um acordo celebrado com o Hotel Novo Turismo. Os graduados podem ser aceites, desde que sejam formados pelo politécnico em causa”, afirmou Mateus Tallo, à margem da cerimónia de receção dos formandos, no Hotel Novo Turismo, na SEFOPE, em Caicoli.

O responsável lembrou ainda que o total das verbas alocado para a formação foi de 53 mil dólares, valor proveniente do fundo de capital humano de 2019 da SEFOPE. A ação teve lugar em novembro do ano passado e os formandos, como referiu o diretor, tiveram de permanecer em Bali por mais dois meses devido ao surto pandémico do novo coronavírus.

“Os formandos deveriam ter regressado a Timor em maio. Contudo, o regresso foi adiado devido à crise sanitária. Só puderam chegar ao país em agosto”, recordou.

Mateus Tallo relembrou igualmente que, segundo um acordo celebrado entre a SEFOPE e os formandos, os beneficiários trabalharão diretamente para o Hotel Novo Turismo, depois do término da formação em causa.

“Não estamos apenas a aumentar os seus níveis de produtividade nem de competitividade, mas oferecemos-lhes também emprego. Os resultados de hoje estão alinhados com a política de formação”, sublinhou.

Para o Diretor Nacional, esta política visa responder às necessidades do setor industrial em Timor-Leste.

Também António Pereira, representante do Hotel Novo Turismo, mostrou-se esperançado de que a formação adquirida seja “um farnel” e que possa ser útil para a vida profissional de cada formando.

António Pereira recordou, de igual modo, que inúmeras empresas fecharam as suas portas por causa da crise sanitária, facto que afeta muitas unidades hoteleiras, nomeadamente o Hotel Novo Turismo.

“As empresas, como o Hotel Novo Turismo, foram afetadas desde a primeira fase do estado de emergência provocado pela covid-19”, disse, manifestando, assim, o desejo de que a economia do país possa brevemente recuperar, visto que a unidade de hotelaria se encontra atualmente sem clientela.

A formanda Dominicana Soares agradeceu, por sua vez, à SEFOPE e ao Hotel Novo Turismo por lhes terem dado oportunidade de melhorar o conhecimento.

“Queremos aproveitar esta oportunidade para mostrar a nossa experiência e conhecimentos que adquirimos ao longo da formação na Escola Politécnica de Turismo, em Bali”, disse, salientando igualmente que as ofertas formativas passaram pelos serviços de atendimento, de limpeza, de restauração e de produtos alimentares.

De acordo com Dominicana Soares, esta formação foi “um guia” que garante a melhoria das competências na indústria onde trabalha. (jho)

No More Posts Available.

No more pages to load.