Hotel de 5 estrelas de Oé-Cusse pede a Governo mais 16 milhões de dólares

by -65 views

DÍLI – O Presidente da Região Administrativa Especial de Oé-Cusse Ambeno (RAEOA) e das Zonas Especiais para a Economia Social de Mercado de Timor-Leste (ZEESM TL), José Luís Guterres, mais conhecido por ‘Lugu’, disse na terça-feira (10/12) que o futuro hotel de 5 estrelas no enclave, necessita de mais verbas para iniciar as suas atividades.

“Os senhores da antiga administração que assinaram o contrato de consórcio para gerir o hotel de 5 estrelas em Oé-Cusse deveriam ter em conta que o serviço administrativo desta unidade de hotelaria precisava de mais investimento por parte do Estado timorense para o pôr em funcionamento”, referiu o Presidente da RAEOA, em declarações aos jornalistas, em Caicoli.

‘Lugu’ salientou ainda que o valor de 16 milhões de dólares americanos para o novo empreendimento é demasiado elevado, pelo que pretende efetuar uma análise detalhada para impedir gastos supérfluos e garantir rendimento para o enclave, beneficiando, deste modo, todos os cidadãos timorenses.

O Presidente da RAEOA recordou ainda que o Aeroporto Internacional Rota do Sândalo não dispõe ainda de licença da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI) assim como a unidade hospitalar apresenta lacunas no que toca ao serviço de cardiologia, pois encontra-se parado.

“Precisamos de um certificado internacional. Devemos, por isso, perguntar à OACI para nos conceder a certificação de modo a garantir a segurança e o desenvolvimento dos serviços aéreos no país”, concluiu. (Jry)

No More Posts Available.

No more pages to load.