Horta surpreendido com deputados por recusarem cortes orçamentais no Parlamento

by -47 views

Díli- O ex-Presidente da República, José Ramos Horta, lamentou o facto de os deputados não quererem reduzir o Orçamento Geral do Estado (OGE) de 2020 do Parlamento Nacional.

“Fico surpreendido, porque o Parlamento Nacional se queixou do valor elevado do OGE de 2020. Então, cada ministério reduz o orçamento, mas os deputados não querem fazê-lo”, afirmou aos jornalistas, na quinta-feira (26/12), em Metiaut.

Para Horta, o facto de o Parlamento Nacional não reduzir o orçamento pode desencadear reações da população, pois os deputados exigem uma redução, mas não dão o exemplo.

“Aconselho os deputados a darem um exemplo moral e político e reduzirem o orçamento”, sugeriu.

Horta aconselhou ainda os parlamentares a cortarem em 60% as verbas para as viagens ao estrangeiro.

O ex-Chefe de Estado sugeriu também ao Governo cortes orçamentais nas viagens dos governantes e funcionários ao estrangeiro.

“O nosso Primeiro-Ministro é uma pessoa rigorosa e não tem feito viagens ao estrangeiro. Se o Chefe do Governo não fizer viagens, então os deputados não podem viajar para o estrangeiro”, realçou.

Para Horta, o Primeiro-Ministro deveria igualmente advertir os membros do Governo e funcionários que não viajassem em 2020, concentrando-se apenas no trabalho e só o fazendo quando os resultados da sua governação fossem positivos. (oro)