Hélder Lopes defende redução do OGE 2022

by -191 views
Hélder Lopes

DÍLI (Timor Post) – O ex-Ministro das Finanças Hélder Lopes defende a necessidade de reduzir o Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2022 devido à má gestão na execução do teto fiscal deste ano.

“A deficiente execução orçamental resulta da incapacidade do Executivo em . em gerir de forma adequada o orçamento. Apesar de o OGE de 2021 contar com uma verba de 2,1 mil milhões de dólares americanos, até ao momento, foram apenas executados 52%, percentagem que fica muito aquém do que era exigido. Por isso, é de todo conveniente diminuir a dotação do próximo ano”, afirmou Hélder Lopes ao Timor Post, no passado domingo (21/11), via telefone.

Fez, como tal, um apelo ao Governo que execute o orçamento de acordo com o planeado inicialmente de forma a garantir o bem-estar da população e estimular a economia do país.

“Temos de nos esforçar ao máximo para que o OGE deste ano seja executado na sua totalidade, não pondo emcausa a vida dos cidadãos nem o crescimento económico”, concluiu. (kyt)

No More Posts Available.

No more pages to load.