Habitantes de BTN 3 e Carantina obrigados a comprar água

by -44 views

DÍLI- Por falta de acesso a água canalizada, os habitantes de BTN 3 e Carantina, em Díli, é obrigada a comprar água, pagando por cada cinco litros cinco centavos.

A maioria da população faz perfurações de água, mas não a pode consumir por ser salgada, usando-a apenas para tomar banho e lavar a roupa.

Duarte Masiolo Ximenes Hornai, habitante de BTN 3, confirmou que têm dificuldade em cozinhar e em consumir água.

Duarte afirmou também que alguns agregados familiares têm de encher entre 40 e 60 recipientes de cinco litros com água, precisando de gastar por dia entre dois a três dólares americanos.

“Estamos fartos de falar. Compramos diariamente água de tanques e pagamos cinco centavos por cinco litros”, disse Duarte Hornai ao Timor Post, esta terça-feira (03/11), em Tasi Tolu.

Também Rosinda Moniz, uma habitante de Carantina, afirmou que é muito difícil terem acesso a água canalizada.

“Aqui não temos acesso à água canalizada do Serviço de Água e Saneamento (SAS). Compramos, então, diariamente a água de tanques”, referiu.

O Timor Post pôde observar que as viaturas com tanques não transportam só água para os habitantes de BTN 3 e Carantina, mas também para BTN 1, BTN 2 e o novo Bairro de Tasi Tolu. (f10)

No More Posts Available.

No more pages to load.