Habitação destruída em incêndio em Comoro

by -34 views

Díli – Uma residência arrendada por um cidadão estrangeiro foi totalmente destruída por um incêndio, que ocorreu na quarta-feira (02/12), pelas 21h30, em Beto, no suco Madohi, Comoro.

O Secretário de Estado da Proteção Civil, Joaquim Gusmão, disse que o atraso na chegada do corpo de bombeiros ao local do incêndio se deveu, por um lado, ao facto de a informação ter sido recebida tardiamente e, por outro, aos acessos difíceis.

“A atuação dos bombeiros teve por base as informações entretanto recebidas. Embora o desejo fosse darem o seu melhor, o certo é que os acessos dificultaram a chegada a tempo dos nossos bombeiros. A maioria das estradas é estreita. Apesar deste contratempo, conseguimos salvar alguns pertences do morador”, afirmou José Gusmão aos jornalistas, na quinta-feira (03/12), em Caicoli.

Segundo Joaquim Gusmão, os bombeiros presentes no local evitaram que as chamas se propagassem às habitações mais próximas.

Questionado sobre as causas que originaram o incêndio, o governante disse desconhecer a origem. Contudo, afirmou que o caso está sob investigação a cargo da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) e da Eletricidade de Timor-Leste (EDTL) com a colaboração da corporação dos bombeiros.

Ainda de acordo com o secretário de Estado, a Direção Nacional de Riscos de Desastres do Ministério da Solidariedade Social e Inclusão prontificou-se a prestar auxílio à vítima de incêndio.

Na mesma linha, o Comandante do Município de Díli da PNTL, o Superintendente Chefe Henrique da Costa, disse ter dado instruções aos seus membros para que procedessem às respetivas diligências, designadamente na recolha de informações. (flo)

No More Posts Available.

No more pages to load.