Governo vai investir 40 milhões de dólares na fibra ótica entre Austrália e Timor-Leste

by -135 views
Foto Especial

DÍLI (Timor Post) – O Governo timorense pretende investir cerca de 40 milhões de dólares americanos para ligar a fibra ótica submarina entre Austrália e Timor-Leste, disse o diretor-geral do Ministério dos Transportes e Comunicações (MTC), Gaspar de Araújo, aos jornalistas, na passada sexta-feira (01/10), no Ministério das Finanças, em Ai-Tarak Laran.

Segundo o governante, o Executivo procedeu já à abertura de um concurso público para as empresas internacionais instalarem a fibra ótica.

“Instalaremos cinco cabos de fibra ótica. Um cabo será financiado pelo próprio Governo, enquanto os restantes serão assegurados pelo investimento privado de várias empresas de telecomunicações”, referiu.

O responsável afirmou, entretanto, que o MTC está, neste momento, a discutir os planos que preveem a ligação de quatro cabos da inteira responsabilidade das empresas para mais tarde serem apresentados em Conselho de Ministros.

De acordo com o diretor, o MTC efetuou já o registo das empresas responsáveis por instalar os quatro cabos de fibra ótica entre a Austrália e Timor-Leste.

“Cada cabo de fibra ótica instalado terá ligações distintas. A ligação entre Darwin e Díli será financiada pelo Governo, enquanto as outras ligações estarão a cargo das empresas Sacom-TL, Moratelindo, Metrolink e Telecom”, adiantou.

Gaspar de Araújo avançou ainda que o concurso público vai prolongar-se até início de dezembro, período durante o qual a equipa afeta ao departamento de Aprovisionamento do ministério está a proceder à avaliação de toda a documentação relativa às empresas.

“Quando a equipa finalizar todo o processo de avaliação dos documentos e indicar o nome da empresa vencedora, arrancaremos com o projeto no início do próximo ano”, frisou.

Ao chegar a fibra ótica a Timor-Leste, como refere o diretor, as operadoras de telecomunicações poderão instalar a internet através do cabo de fibra ótica. Está prevista, segundo Gaspar de Araújo, a instalação de várias torres de rede de internet de forma a cobrir todo o território.

Gaspar de Araújo acrescentou, por último, que o cabo submarino de fibra ótica proporcionará não só uma conexão à internet mais rápida mas também mais barata. (jho)

No More Posts Available.

No more pages to load.