Governo de olhos fechados para o sofrimento do povo

by -76 views

DÍLI (Timor Post) – O veterano da Desmobilização do Levantamento de Rotuto, Vicente Galhós da Silva ‘Hakat Sai’, considerou que “o Governo está de olhos fechados diante do sofrimento do povo”, principalmente o do suco de Rotuto, do posto administrativo de Same, do Município de Manufahi.

‘Hakat Sai’ lembrou que Rotuto foi o suco onde foi efetuado o “levantamento contra os militares indonésios”, pelo que o Executivo deve responder às necessidades dos residentes desta zona, nomeadamente no que toca ao acesso à energia elétrica e às estradas.

“O povo não está a pedir muito ao Governo. Queremos, pelo menos, a vinda da eletricidade para o nosso suco. O seu sofrimento na luta pela independência ainda não foi recompensado. Consideramos, por isso, que o Executivo está a fechar os olhos ao sofrimento do povo”, afirmou Vicente Galhós ao Timor Post, na passada sexta-feira (20/08).

Segundo o veterano, apesar de a maioria da população de Rotuto ter já acesso à água canalizada, é insuficiente.

“A nossa morte e o sofrimento construíram a República Democrática de Timor-Leste. Por isso, pedimos ao Estado que valorize o nosso sofrimento”, apelou.

Vicente Galhós recordou igualmente que a Secretaria de Estado para a Comunicação Social lançou o Programa “NaromanbaSuku” (Luz Para o Suco) que permite ouvir diretamente as necessidades da população ligadas ao desenvolvimento em todos os setores do seu município.

“Apesar de o Governo ter já lançado o programa em causa, as pessoas continuam a viver na escuridão. Isto significa que a luz não ilumina o suco, mas o Governo”, concluiu. (lcl)

No More Posts Available.

No more pages to load.