Governo cria Direção Nacional de Saúde na Família

by -54 views

DÍLI– O Governo aprovou, esta quarta-feira (16/09), em Conselho de Ministros, a estrutura orgânica do Ministério da Saúde, que resulta na criação da Direção Nacional de Saúde na Família.

Pretende-se com a alteração da orgânica, segundo o comunicado do Governo, melhorar a resposta ao nível dos cuidados de saúde primários, “com a criação de condições legais e operacionais que facilitem um maior envolvimento dos indivíduos e famílias nas atividades de saúde”.

Recorde-se que o Ministério da Saúde retomou, no dia 24 de agosto, o Programa Nacional de Saúde na Família que pretende levar cuidados de saúde à população, após um período de mais de um ano em que se encontrou suspenso devido a questões políticas e de análise legal.

“Já iniciámos este programa em 2015. Pretendemos levar os cuidados de saúde à comunidade e, por isso, [os profissionais] podem encontrar-se diretamente com os habitantes, não apenas os doentes, mas outros que queiram obter informações sobre saúde”, recordava a Ministra da Saúde, Odete Belo, no Hotel Novo Turismo.

A governante lembrou ainda que tanto o impasse como as opções políticas dos governos levaram à suspensão provisória do programa, que precisou igualmente de ver melhorado o seu enquadramento legal.

O Programa de Saúde na Família foi lançado em 2015, no VI Governo, pelo então Ministro da Saúde, Rui Maria de Araújo. Com um pacote abrangente de cuidados primários de saúde, o programa pretendia chegar aos mais de 206 mil agregados familiares timorenses, número registado pelos Censos de 2015.

As equipas de profissionais de saúde, constituídas por um médico, parteira e enfermeira, visitaram as famílias, avaliando o estado de saúde e as necessidades de cuidados médicos para todos os elementos do agregado.

Segundo o Portal do Governo, até maio de 2017, as equipas médicas tinham já visitado 94% dos agregados familiares e registado dados de 84% dos timorenses. (isa)

No More Posts Available.

No more pages to load.