Fundação Mahein preocupada com tráfico de droga em Timor-Leste

by -76 views

Díli- Sancho Xavier, investigador da Organização Não-Governamental Fundação Mahein (FM), mostra-se preocupado com o tráfico de droga em Timor-Leste e afirma que o país corre grandes riscos nesta área.

“Ultimamente, o problema de droga apresenta grandes riscos para Timor-Leste”, afirmou ao Timor Post, na passada sexta-feira (24/01), no Fomento, em Comoro, Díli.

O investigador explicou ainda que, apesar de não ser país de destino, Timor-Leste é local de trânsito de substâncias ilegais, enviadas do estrangeiro e encaminhadas para outros países.

“Acompanhámos recentemente a entrada de droga da Nigéria, que foi recebida por um cidadão timorense, depois detido pelas autoridades de segurança”, recordou.

Segundo a Fundação Mahein, a droga dá entrada em Timor-Leste por meio de vias legais, pelo que é necessário, acrescentou, que as autoridades de segurança prestem atenção máxima à questão e previnam o tráfico de estupefacientes.

“Caso a droga entre legalmente no nosso país, isto significa que o nosso controlo, essencialmente nos portos, aeroportos e fronteiras terrestres, é frágil ou está em risco”, referiu.

Sancho Xavier sugeriu ainda que o Governo prestasse grande atenção ao controlo dos recursos humanos e equipamentos para deteção de droga.

O investigador pediu ainda ao Governo que se empenhasse para evitar o tráfico de droga, que pode destruir o futuro de muitos jovens. (azu)

No More Posts Available.

No more pages to load.