Filomeno Paixão defende substituição da UPF pelas F-FDTL nas fronteiras

by -141 views
Filomeno Paixão

Díli (Timor Post) – O Ministro da Defesa, Filomeno Paixão, defendeu a necessidade de substituir a Unidade de Patrulhamento da Fronteira (UPF) da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) pelas FALINTIL-Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL) para garantir o controlo máximo nas zonas fronteiriças.

Em causa está, segundo Filomeno Paixão, a UPF ser “incapaz” de cumprir a missão de manter a segurança nas linhas fronteiriças, uma vez que “a formação destes elementos na academia da PNTL é má”.

“Os elementos da UPF não estão preparados para garantirem o controlo na fronteira por terem um conhecimento limitado na área de controlo, pelo que é necessário substituí-los. Defendo, por isso, que os membros das F-FDTL fiquem nas fronteiras, pois são bem preparados”, disse Filomeno Paixão aos jornalistas, na passada terça-feira (24/08), à margem do debate da extensão de estado de emergência, no Parlamento Nacional.

O governante afirmou, contudo, que está a discutir com o Vice-Ministro do Interior, António Armindo, o destacamento dos membros das F-FDTL bem como a colocação de recursos materiais nas áreas de fronteiras.

“Estamos a elaborar uma estratégia para que possamos garantir a segurança nas fronteiras. Vamos destacar os elementos das F-FDTL na linha da frente e os da UPF na segunda linha e vice-versa”, referiu.

Recorde-se que o Primeiro-Ministro, Taur Matan Ruak, garantiu a retirada da UPF, antes do término do seu mandato. (jmy)

No More Posts Available.

No more pages to load.