ETV-IT recorre a concessão escolar para adquirir produtos de higienização

by -40 views

Díli – O Diretor da Escola Secundária Técnico-Vocacional de Tecnologia e Indústria (ETV-TI) 28 de Novembro de Becora, Pedro da Silva, disse que este estabelecimento de ensino já recorreu a mais de 500 dólares da concessão escolar para a aquisição de produtos de higienização.

“Recebemos mais de mil dólares do orçamento da concessão escolar. Já gastámos mais de 500 dólares para a compra de materiais para higienização, cumprindo, assim, os padrões do Ministério da Saúde (MS) e da Organização Mundial de Saúde (OMS) de modo a que as aulas sejam retomadas”, afirmou ao Timor Post, no passado domingo (28/06).

Segundo o responsável, os materiais adquiridos são, entre outros, tanques de água, sabão, produtos de desinfeção e baldes.

“Embora tivéssemos adquirido 1.500 litros de água, no valor de 35 dólares, devemos poupá-la por um período de um mês. Todos os materiais tiveram de ser comprados pela escola, excetuando as máscaras, que devem ser obtidas pelos próprios professores e alunos”, referiu.

Pedro da Silva sublinhou ainda que, apesar de os ministérios da Educação, Juventude e Desporto (MEJD) e da Saúde (MS) terem anunciado que a escola cumpria os padrões, as aulas ainda não podem ser retomadas por falta de desinfeção.

“Ainda que tenhamos já recebido o certificado, as escolas ainda não foram desinfetadas. Estávamos na passada sexta-feira à espera da equipa responsável pela desinfeção, mas não compareceu”, recordou.

Augusto Pires, o Presidente da Organização Não Governamental de Coligação para a Educação em Timor-Leste (TLCE, em inglês), disse, por sua vez, que o MEJD devia ter já planeado em cada município o transporte de água em camiões-cisterna para fornecimento às escolas que não têm acesso.

“A meu ver, o MEJD devia disponibilizar o transporte de água em camiões-cisterna para que a educação de cada município possa agendar o horário de distribuição de água pelos estabelecimentos de ensino que não têm acesso, pois o orçamento da concessão escolar não é suficiente e, segundo as medidas de prevenção do novo coronavírus, é preciso lavar sempre as mãos”, sugeriu. (ono)

No More Posts Available.

No more pages to load.