Escola 5 de Maio sem aulas durante pelo menos duas semanas

by -81 views

Díli- A Escola Secundária Geral 5 de Maio suspendeu as atividades letivas durante pelo menos duas semanas devido às cheias da passada semana em Díli.

O diretor deste estabelecimento de ensino, Manuel Verdial, disse que os professores estão a proceder à limpeza da lama.

“O meu coração não está tranquilo. Vou dialogar ainda com pais dos estudantes. Após duas semanas, as atividades letivas deverão voltar à normalidade”, afirmou na segunda-feira (16/03), no recinto da escola, em Becora.

O diretor alertou, contudo, para a possibilidade de o período de limpeza se estender por mais de duas semanas.

“Caso as limpezas terminem cedo, a escola retomará as atividades daqui a duas semanas, mas poderão chegar a um mês, pois a lama atingiu os 30 centímetros. Quatro salas de aula ficaram destruídas”, disse.

O dirigente escolar pediu ainda aos estudantes e encarregados de educação residentes perto da escola que efetuassem a limpeza.

“Não podemos apenas culpar a natureza. Temos de colaborar para que os estudantes retomem o processo de aprendizagem”, pediu.

Segundo Manuel Verdial, funcionários do Ministério da Educação Juventude e Desporto, encarregados de educação e alunos começaram na segunda-feira (16/03) a limpar as salas, sendo que em quatro será necessária a intervenção de máquinas.

“Quatro salas de aula esperam por equipamentos [pesados] do Estado”, adiantou.

De acordo com o diretor, o Ministério da Educação tinha sido alertado para a necessidade de intervenção na escola.

“Alertei em 2014 que [as salas] não podiam proporcionar um ensino de qualidade, mas as prioridades do orçamento [do Governo] eram outras e, como tal, a natureza destruiu-as para que fossem construídas novas”, considerou.

A escola tem 1.117 estudantes e apenas 13 salas de aulas, o que obriga a constituir turmas com 80 alunos. (ono)

No More Posts Available.

No more pages to load.