Empresários que fazem especulação de preços devem ser sancionados

by -108 views

DÍLI – O Diretor-Executivo da Luta Hamutuk, José Alves da Costa, pediu ao Governo que aplicasse sanções aos empresários “malandros que fazem especulação de preços de produtos no mercado sem apresentarem quaisquer fundamentos”.

“Há especulação de preços de bens essenciais nos mercados de Maliana e Oé-Cusse. Pede-se, por isso, ao Executivo que sancione estes empresários. Estamos a viver politica e epidemiologicamente situações muito difíceis, levando, assim, o país a entrar em crise económica. Estes deviam ter ajudado a população, em vez de se aproveitar dela”, pediu José Alves, na quinta-feira (25/02), no Farol.

O responsável repudiou totalmente a conduta destes empresários por não terem apoiado os consumidores a ultrapassarem estas crises, insistindo, por isso, que o Governo encerrasse todas as suas empresas.

Na mesma linha, o Secretário-Geral dos Trabalhadores para Libertação Nacional (TRABALIAN), Agripino Fernandes, pediu ao Executivo que controlasse os preços dos produtos nos mercados de todo o território.

“Os ministérios relevantes devem controlar e pôr fim ao problema em causa. Na verdade, os preços dos bens de primeira necessidade, como o arroz e óleo, devem ser baixos de modo a que todas as famílias mais carenciadas possam ter acesso a eles”, concluiu. (ven)

No More Posts Available.

No more pages to load.