Empresa distribui arroz estragado em três municípios e na capital

by -19 views

DÍLI (Timor Post) – A organização TANE Consumidor identificou cinco contentores de arroz da marca Tali Merah contaminado com água salgada. O arroz contaminado chegou à capital e aos municípios de Baucau, Liquiçá e Ermera.

Segundo o jurista da TANE Consumidor, Juvêncio Amaral, a empresa importadora descarregou o arroz para que os transportes de mercadorias fizessem a distribuição para os municípios durante a noite.

“O arroz já chegou a muitas lojas em Díli e aos municípios de Ermera, Baucau e Liquiçá, disse Juvêncio Amaral ao Timor Post, esta sexta-feira (13/08), no seu local de trabalho, em Vila Verde. O responsável explicou ainda que o gerente da empresa orientou os trabalhadores para limparem o arroz e encherem novos sacos. “O arroz, transportado em cinco contentores, foi contaminado com água do mar, porque a empresa fez o transporte por via marítima. O gestor contratou mulheres para limpar o arroz e encher sacos novos”, referiu.

Juvêncio Amaral mostrou-se preocupado com a atividade ilegal da empresa, dados os efeitos negativos que os consumidores podem sofrer, apelando à população dos quatro municípios que não consumisse arroz da marca Tali Merah.

O jurista salientou também que a TANE Consumidor já apresentou o caso à Autoridade de Inspeção, Fiscalização das Atividades Económicas, Sanitárias e Alimentar (AIFAESA), para dar continuidade ao processo.

Juvêncio Amaral acrescentou, por último, que os cinco contentores de arroz chegaram no mês passado e a empresa desalfandegou os contentores este mês e distribuiu o arroz para as lojas da capital e dos três municípios. (jho)

No More Posts Available.

No more pages to load.