Embaixada da Indonésia e Mie Sedap oferecem a PNTL 970 caixas de massa instantânea

by -36 views

Díli- O Embaixador da República da Indonésia em Timor-Leste, Sahat Sitorus, e a empresa Mie Sedap ofereceram à Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) 970 caixas de massa instantânea.

Segundo o diplomata, a iniciativa visa ajudar os agentes da PNTL que trabalham no combate ao novo coronavírus no país.

“Vim reunir-me com o Comandante-Geral da PNTL para oferecer bens de primeira necessidade, mais concretamente 970 caixas de massa instantânea, que ajudarão na logística da PNTL”, afirmou o diplomata aos jornalistas, na quarta-feira (15/07), no Comando-Geral da PNTL, em Caicoli.

O embaixador apelou também à empresa Mie Sedap que continuasse a trabalhar com o comando da PNTL para, no âmbito da crise provocada pela covid-19, ajudarem a população mais carenciada e felicitou o Governo timorense pelo trabalho realizado no combate à doença.

“Parabéns ao Estado de Timor-Leste, ao Comando-Geral da PNTL e a todas as equipas pelo trabalho com sucesso e cumprimento das orientações da Organização Mundial de Saúde no estado de emergência, fazendo com que não se registe nenhum caso ativo em Timor-Leste da covid-19. O povo também cumpriu as regras”, afirmou.

O diplomata recordou também que, já desde o estado de emergência, que a embaixada se tem coordenado com o Governo de Timor-Leste na importação de bens de primeira necessidade, com a abertura de duas horas, às quartas-feiras, das fronteiras.

Sahat Sitorus elogiou igualmente a coordenação entre a Unidade de Patrulhamento das Fronteiras e as forças de segurança e defesa indonésias no controlo das fronteiras para a prevenção da covid-19.

Agradecendo o apoio dado à polícia, o Comandante-Geral da PNTL, o Comissário Faustino da Costa, revelou, por sua vez, que a massa instantânea será distribuída pelos comandos dos municípios.

“’Este é o início do apoio da empresa Mie Sedap em Timor-Leste. Ser-lhe-á dada continuidade. Agradecemos ao Embaixador da Indonésia o apoio dado”, disse Faustino da Costa, à margem do encontro com o diplomata indonésio. (res)