EDTL prevê empréstimo de 35 milhões de dólares para digitalização da rede elétrica 

by -86 views
Presidente da EDTL, E.P., Paulo da Silva

DÍLI (Timor Post) – A Eletricidade de Timor Leste, Empresa Pública (EDTL, E.P.) prevê um empréstimo de 35 milhões de dólares americanos do Banco Asiático de Desenvolvimento (ADB, em inglês) para levar a cabo o plano de distribuição da rede elétrica digital em todo o país.

O presidente da EDTL, E.P., Paulo da Silva, falava esta quinta-feira (21/10), à margem do seu encontro com o Primeiro-Ministro (PM), Taur Matan Ruak.

“Reuni hoje com o Chefe do Governo para apresentar o relatório sobre o plano de distribuição elétrica digitalizada, a construção e reabilitação de sedes da EDTL, E.P. em todo o território, além do orçamento previsto para a sua implementação. Prevemos um empréstimo de 35 milhões de dólares americanos do Banco Asiático de Desenvolvimento. Demos já por concluído os preparativos para a celebração da assinatura com o banco a ter lugar em novembro próximo”, informou Paulo os jornalistas, no Palácio do Governo.

Segundo o responsável, a digitalização tem por objetivo facilitar a deteção de avarias técnicas assim como a de instalações ilegais por parte dos consumidores.

“Debatêmo-nos com vários problemas quanto à deteção de avarias e ligações ilegais poe parte dos consumidores. Será mais fácil para nós fazer intervenções e tomar medidas mais adequadas após a instalação do sistema de digitalização”, explicou.

Acrescentou que a empresa emitiu já um concurso público sobre a conversão de gasóleo a gás para o consumo de energia nas centrais elétricas.

“Esperemos que em breve possamos ter um vencedor para então arrancarmos com as obras e finalizar o estudo de viabilidade durante um período de seis meses. Emitimos um outro concurso que incide sobre o estudo de viabilidade do uso de painéis solares no país. Aguardamos que o estudo tenha início em janeiro do próximo ano”, concluiu. (jry)

No More Posts Available.

No more pages to load.