EBF n.º 5 de Comoro com falta de professores

by -46 views

Díli – A Escola Básica Filial (EBF) n.º 5 de Comoro está, desde o início das atividades letivas, com falta de professores.

“Temos 54 educadores. No entanto, o estado de saúde de sete é atualmente crítico”, revelou o Coordenador da EBF n.º 5 de Comoro, Fernando Barreto, ao Timor Post, na terça-feira (25/01), no seu local de trabalho.

O responsável mostra-se ainda preocupado com a questão, pois esta situação dificultará o controlo dos estudantes nas salas de aula.

“A ausência destes professores afeta as nossas atividades letivas, já que o número atual de docentes não chega para os alunos”, lamentou.

Segundo Fernando, embora o assunto tivesse sido várias vezes apresentado ao Ministério da Educação, Juventude e Desporto (MEJD), a escola ainda não obteve qualquer resposta.

“Insistimos em apresentar esta questão, mas as respostas foram sempre iguais de que o ministério não recruta, já há vários anos, novos professores. Mesmo assim, não vamos deixar que este constrangimento interrompa o nosso trabalho”, declarou.

Também o responsável da Escola Básica Filial de Bebonuk se queixou da insuficiência de docentes, pedindo, por isso, a intervenção do MEJD.

“A nossa escola está com falta de professores de Língua Portuguesa. Solicitamos ao MEJD que envie dois docentes da disciplina para o nosso local”, apelou. (ono)

No More Posts Available.

No more pages to load.