Dom Virgílio pede unidade e paz na celebração do 20 de Maio

by -32 views

Díli- O Arcebispo Metropolitano da Província Eclesiástica de Díli, Dom Virgílio do Carmo da Silva, pediu, no domingo (17/05), que a celebração do 18.º Aniversário da Restauração da Independência de Timor-Leste tivesse como lema a união do povo timorense.

“Espero que esta data histórica seja caraterizada pelo amor, unidade e paz no nosso país”, disse o Dom Virgílio do Carmo da Silva aos jornalistas, na Catedral de Díli.

Segundo o bispo, comemorar o dia da independência significa celebrar a vitória, “à custa de muito sangue, vida e sacrifício do povo”.

“Celebrar [o 20 de maio], faz-nos sempre lembrar o nosso passado. O povo tem de se sentir orgulhoso, pois esta comemoração aumenta o sentido de patriotismo”, referiu.

Segundo o arcebispo, o patriotismo constitui uma responsabilidade de cada um dos cidadãos.

“Quando falamos de patriotismo deve vir sempre do nosso coração e não apenas de boca para fora. A nossa celebração do 20 de maio constitui um marco histórico e será mais um passo em frente. Esperamos, por isso, que o dia nos possa trazer um espírito novo e alegria para todos. O povo está a espera da união dos dirigentes nacionais neste dia importante”, sublinhou. (ono)