Deputados do CNRT e FRETILIN defendem construção de novas instalações para PN

by -47 views

Díli – Os deputados das bancadas do Congresso Nacional da Reconstrução Timorense (CNRT) e da Frente Revolucionária de Timor-Leste Independente (FRETILIN), Arão Noé e Agostinho Sequeira ‘Somotxo’, defenderam a necessidade da construção de um novo edifício do Parlamento Nacional (PN) em detrimento das residências destinadas aos deputados.

“No meu entender, não é necessário construir habitações. Devemos deixar este assunto de lado, porque temos outros por resolver”, afirmou Arão Noé, em declarações aos jornalistas, na quarta-feira (26/08), no plenário.

Segundo o ex-Presidente do Parlamento Nacional, é preciso dar agora prioridade à construção das novas instalações do PN, visto que o edifício se encontra atualmente degradado, o que dificulta o trabalho dos deputados e de outros funcionários.

“Não podemos manter os pré-fabricados por muito mais tempo. Já trabalhámos, desde 2002, nesta casa. A meu ver, o PN merece ter um novo edifício, dado que é o segundo órgão de soberania do Estado”, referiu.

Questionado sobre outras regalias, Arão sublinhou igualmente a dependência do orçamento e das necessidades de cada indivíduo, dando o exemplo das casas destinadas aos membros da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) que não foram habitadas por preferirem viver com as famílias.

Em resposta à questão de que a construção de residências poderá permitir um desvio do subsídio de alojamento, o deputado salientou que é precisa uma decisão coletiva, porque se trata do órgão colegial.

Também o deputado da bancada da FRETILIN Agostinho Sequeira ‘Somotxo’ defendeu que é necessário construir um novo edifício do PN, visto que está atualmente a ocupar o Palácio do Governo.

“O atual Presidente do Parlamento Nacional não foi o primeiro a planear a criação do novo estabelecimento do PN. Esta iniciativa já tinha sido definida desde a primeira legislatura. Acho que todos os cidadãos podem ver que o plenário precisa de novas instalações”, disse.

‘Somotxo’ referiu ainda que, enquanto representante do povo, discorda da ideia da construção de moradias para os deputados.

“Como deputado, não necessito de uma casa de luxo. É preciso apenas um gabinete que pode servir para as comissões exercerem o seu trabalho”, concluiu. (jry)

No More Posts Available.

No more pages to load.