Deputado Alexandrino alerta para entrada ilegal de dois cidadãos indonésios infetados com covid-19

by -11 views

DÍLI – Dois cidadãos indonésios infetados com covid-19 entraram no Posto Administrativo de Fatululik, no Município de Covalima, de forma ilegal, alertou o deputado da bancada da Fretilin Alexandrino Cardoso.

“Peço ao Governo que preste atenção às fronteiras terrestres. Estava em Fatululik e ouvi a informação de que os dois cidadãos da Indonésia infetados com o novo coronavírus entraram em Timor-Leste. [Os dois indonésios] Sabem que a covid-19 já causou no mundo inteiro muitas mortes, mas Timor-Leste não tem mortos. Pensaram, então, que seria melhor isolarem-se cá”, disse Alexandrino Cardoso, este terça-feira (26/01), no plenário Parlamento Nacional.

O parlamentar afirmou ainda que a falta de atenção às zonas das fronteiras poderá levar a contágios.

Também a deputada da bancada do Congresso Nacional de Reconstrução de Timor-Leste (CNRT) Maria Barreto pediu ao Governo que prestasse atenção a esta questão, principalmente nos municípios de Bobonaro, Covalima e Oé-Cusse, devido ao aumento do número de casos ativos em Atambua, na Indonésia.

“No Município de Bobonaro, não há postos de vigilância da equipa conjunta. O Governo tem de estar atento, especialmente o Ministério da Saúde, para reativar os protocolos de saúde”, concluiu.

Jornalista Júlio Salinas Soares