CUAT apoia estudantes de Covalima residentes na capital com 70 sacos de arroz

by -112 views

DÍLI – A Associação dos Sindicatos dos Comerciantes Chineses (CUAT, em inglês) em Timor-Leste disponibilizou 70 sacos de arroz a estudantes do Município de Covalima residentes na capital.

“Recebi informação do nosso chefe de suco a anunciar que os estudantes de Covalima residentes em Díli estavam a passar por sérias dificuldades e que, por isso, precisavam de apoio. O motivo prende-se com o facto de Covalima estar sob cerca sanitária, impedindo que os seus familiares se possam deslocar a Díli e fornecer alimentos aos filhos”, disse o Representante da CUAT, Lawrence Su, aos jornalistas, esta sexta-feira (05/03), na sede da Resistência Nacional dos Estudantes de Timor-Leste (RENETIL), no Farol.

Segundo o responsável, logo que a associação soube do caso dos estudantes privados de bens alimentares, providenciou de imediato a compra de sacos de arroz para pôr cobro à situação.

“Assim que ouvimos a notícia de que estes estudantes a residirem em Díli estariam já em arroz, efetuámos logo a compra deste alimento. Foram adquiridos ao todo 70 sacos de arroz”, salientou.

Já o deputado Abel Ximenes agradeceu à associação chinesa o apoio concedido com a entrega deste bem alimentar aos estudantes provenientes de Covalima e atualmente a viverem na capital.

“Recebemos com agrado o apoio por parte dos chineses em Timor-Leste. Esperamos, contudo, que esta ajuda possa ter continuidade, dado que Díli conta atualmente com aproximadamente quatro mil estudantes da região de Covalima”, afirmou.

O parlamentar lembrou, entretanto, que a população de Covalima está a passar por uma situação deveras complexa, com dificuldade em aceder a bens alimentares, devido à cerca sanitária imposta neste município.

Para atenuar o sofrimento, Abel Ximenes pediu aos timorenses que se apoiassem uns aos outros, com destaque para o Município de Covalima.

“Covalima enfrenta, hoje, uma situação difícil. O mesmo poderá, amanhã, acontecer em Bobonaro e mais tarde noutros municípios. Precisamos, pois, do apoio de todos, sem exceção”, concluiu. (ono)

No More Posts Available.

No more pages to load.