CNRT preocupado com encerramento de mais de 120 empresas em Timor-Leste

by -49 views

DÍLI – A deputada da Bancada do Congresso Nacional para a Reconstrução de Timor-Leste (CNRT) Virgínia Ana Belo mostra-se preocupada com o encerramento no país de mais de 120 empresas, tanto nacionais como internacionais.

A preocupação surgiu na sequência da informação do fecho das empresas dada pelo Serviço de Registo e Verificação Empresarial.

A parlamentar lembrou ainda a aprovação do Projeto de Decreto-Lei referente à moratória de crédito.

“Existem verbas, no valor de cinco milhões de dólares americanos, para as moratórias de crédito que apoiam o setor privado. Será que este orçamento já foi executado?”, questionou Virgínia Belo, esta segunda-feira (22/02), no plenário.

A deputada recordou que o fecho das atividades comerciais contribui para o aumento da taxa de desemprego.

“A companhia Heineken despediu já 18 trabalhadores timorenses. O Governo observou apenas e não deu nenhuma resposta ao problema. O que faz com estes cinco milhões de dólares? Por que é que não os utiliza para apoiar imediatamente as empresas”, concluiu. (jmy)

No More Posts Available.

No more pages to load.