CNRT preocupado com condições precárias das esquadras policiais de Díli

by -73 views
Bandeira CNRT

Díli (Timor Post) – A deputada do Congresso Nacional de Timor-Leste Benedita Magno mostra-se apreensiva com a degradação das esquadras policiais de Díli, nomeadamente as de Becora e Comoro.

Segundo a deputada, a alocação de milhões de dólares americanos tem paradeiro desconhecido, não estando esclarecido o paradeiro da quantia recebida.

“Os postos policiais de Becora e Comoro encontram-se num estado de degradação acentuada. Que destino foi dado ao orçamento previsto para o setor?”, questionou Benedita Magno, na sua intervenção, esta quinta-feira (02/12), no Parlamento Nacional.

Acusou ainda o Governo de continuar a reduzir o valor alocado para a segurança interna, embora tenha conhecimento dos desafios que a Polícia Nacional de Timor-Leste enfrenta atualmente.

“Apesar de o Executivo estar informado acerca das lacunas no seio das instituições de segurança, nomeadamente a falta de recursos humanos e de equipamentos, o orçamento definido para o setor tem sofrido sucessivas reduções. Esta situação tem impedido o trabalho eficiente da PNTL”, disse.

Benedita Magno recorda também a execução muito reduzida do capital menor por parte do Ministério do Interior.

“Por que é que o ministério não utilizou o dinheiro relativo à categoria de capital menor para a aquisição de viaturas policiais? Os efetivos da polícia não possuem fardas nem sapatos em número suficiente. Não tratamos bem as forças de segurança, mas exigimos estabilidade do país”, lamentou.

A parlamentar acrescentou, por último, que a Unidade de Patrulhamento da Fronteira sofre de igual modo do mesmo problemas, com a escassez do número de viaturas e postos policiais para garantir o controlo nas zonas fronteiriças. (jho)

No More Posts Available.

No more pages to load.