CNRT pede a Governo que não crie entraves à criatividade dos jovens

by -28 views

Díli – A bancada do Congresso Nacional de Reconstrução Timorense (CNRT) pediu ao Governo que não criasse entraves à criatividade dos jovens timorenses, com destaque para os da Arte Moris.

O pedido foi feito aos jornalistas pelo Vice-Presidente do CNRT, Patrocínio Fernandes, nesta quinta-feira (09/07), no Parlamento Nacional.

O deputado apelou ainda ao Executivo que, antes de serem retirados estes jovens do edifício da Arte Moris, fossem disponibilizadas condições adequadas que lhes permitissem desenvolver o seu talento.

“Para mim, o Conselho dos Combatentes da Libertação Nacional (CCLN) é uma das instituições importantes para o desenvolvimento [do país]. Precisa, então, deste lugar para o seu trabalho. No entanto, têm de ser criadas ou disponibilizadas também instalações que possam acolher os jovens da Arte Moris, garantindo, assim, o desenvolvimento da sua criatividade e talento, algo que possa igualmente trazer progresso para o país”, defendeu o parlamentar.

Patrocínio recordou ainda que cabe ao Governo dar prioridade ao desenvolvimento profissional dos jovens, insistindo, desta forma, na ideia de que o Executivo prepare outro lugar que possa receber os elementos da Arte Moris.

Recorde-se que o Primeiro-Ministro tinha decidido que o edifício localizado em Comoro, junto do Centro de Formação da Polícia, onde se promovem atividades criativas dos jovens da Arte Moris, receberia o CCLN. (f10)

No More Posts Available.

No more pages to load.