CNO adia cirurgia a cataratas de 20 doentes

by -42 views

DÍLI- O Centro Nacional de Oftalmologia (CNO) do Hospital Nacional Guido Valadares (HNGV) decidiu adiar a cirurgia às cataratas de 20 pacientes durante o período da cerca sanitária em Díli, revelou o Chefe do Departamento deste centro, Belmério Jerónimo.

O dirigente referiu ainda que, embora o centro receba diariamente aproximadamente 100 pacientes, o número desceu drasticamente para 20 aquando da implementação da cerca sanitária.

“Durante estes dois dias, apenas 20 doentes por dia receberam tratamento. Ontem e anteontem, deveríamos ter realizado cirurgia às cataratas de 20 pessoas, mas adiámos devido a esta situação. Quando o cenário regressar à normalidade, avançaremos com as ditas cirurgias”, disse o responsável, esta quinta-feira (11/03), no HNGV.

No entanto, segundo Belmerio Jerónimo, se houver casos urgentes que necessitam de uma cirurgia, a equipa responsável realizá-la-á.

“Planeamos efetuar os tratamentos junto da comunidade de Liquiçá. Os nossos doentes já estavam preparados, contudo tivemos de os cancelar por causa da cerca sanitária”, afirmou.

O dirigente adiantou também que os doentes estrangeiros devem efetuar o pagamento à administração para poderem receber o tratamento do serviço de oftalmologia deste centro hospitalar.

“Se quiserem fazer a cirurgia às cataratas deverão pagar não só 20 dólares americanos à administração, mas também mais 500 dólares para a cirurgia referente a um olho. Caso queiram fazer a cirurgia aos dois olhos, deverão desembolsar mil dólares americanos. Este valor inclui a receita médica. Para os timorenses, o tratamento é gratuito”, acrescentou.

O dirigente sublinhou, por último, que o centro hospitalar contribuiu diariamente com mais de 70 dólares americanos para os cofres do Estado. (isa)