CLN quer aumentar produtos locais em 2022

by -133 views
Foto: The Dili Weekly

DÍLI (Timor Post) –  O Centro Logístico Nacional (CLN) recebe uma verba superior a seis milhões de dólares americanos na proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2022, sendo que uma parte substancial anunciado se destina ao aumento da produção agrícola em Timor-Leste.

“O CLN pretende aumentar, no próximo ano, a produção agrícola em todo o território, segundo o plano do Ministério da Agricultura e Pescas (MAP)”, disse o Presidente do CLN, Gervásio Cardoso de Jesus da Silva, na passada quinta-feira (11/11), após audiência com a Comissão D, que trata dos Assuntos da Economia e Desenvolvimento, no Parlamento Nacional (PN).

Segundo o dirigente, para a aquisição dos produtos locais, entre os quais se destacam o arroz, feijão, feijão mungo e o milho, o CLN pretende desembolsar uma quantia a rondar os cinco milhões de dólares americanos.

O responsável adiantou ainda que o CLN fará uma estimativa acerca dos produtos locais, cuja finalidade é  quantificar a percentagem de produtos importados da Tailândia e Vietname.

“De acordo com o despacho do Ministério do Turismo, Comércio e Indústria (MTCI), o CLN vai adquirir o arroz local a 52 centavos o quilograma”, revelou.

O presidente acrescentou, por último, que o CLN mantém uma estreita cooperação com a Agência Japonesa de Cooperação Internacional (JICA, em inglês), cujo objetivo é fazer aumentar os produtos locais em prol dos produtores nacionais. (jho)

No More Posts Available.

No more pages to load.