CIGC preocupado com entradas ilegais nas fronteiras terrestres

by -36 views

Díli – O Centro Integrado de Gestão da Crise (CIGC) está preocupado com a movimentação de cidadãos nas fronteiras devido ao aumento do número de infeções por covid-19 na província indonésia de Nusa Tenggara.

Segundo Rui Maria de Araújo, porta-voz do CIGC, a Unidade de Patrulhamento de Fronteira (UPF) deteve, esta quarta e quinta-feira, quatro cidadãos timorenses que entraram ilegalmente em Timor-Leste através das fronteiras terrestres com a Indonésia.

“Ainda há cidadãos de Timor-Leste que atravessam as fronteiras da Indonésia para o nosso território. A 13 de maio, à tarde, e às 05h da manhã do dia 14, a Unidade de Patrulhamento da Fronteira deteve no total quatro cidadãos timorenses, que foram levados para um centro de quarentena preparado pelo Governo”, revelou o responsável na conferência de imprensa da Sala de Situação desta quinta-feira (14/05).

Recordando o aumento do número de infeções e mortes do outro lado, Rui de Araújo apelou à população que não atravessasse as fronteiras.

“Como o número de casos na província indonésia de NTT [Timor Ocidental] sofreu um grande aumento, incluindo o número de mortos, com covid-19, o Estado-Maior conjunto e a Sala de Situação  pede a toda a população, sobretudo aos habitantes de Covalima, Bobonaro e Região Administrativa Especial de Oé-Cusse Ambeno, que fique nos seus locais e não atravesse as fronteiras com a Indonésia para não serem contagiados com a covid-19 e trazerem a doença para Timor-Leste”, apelou.

O responsável alertou também para o reforço das patrulhas na fronteira, que envolverão a colaboração entre as Falintil- Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL), Polícia Nacional de Timor-Leste e líderes comunitários.

“É melhor, mais uma vez, ficarem sossegados em vossas casas”, insistiu Rui Maria de Araújo.

Recorde-se que a Indonésia registava, até esta quarta-feira, 15.438 casos de covid-19 e 1.028 mortos.  (isa)

No More Posts Available.

No more pages to load.