China oferecerá mais de 35 mil EPI a forças de defesa e segurança timorenses

by -57 views

Díli – O Governo da República Popular da China oferecerá mais de 35 mil equipamentos de proteção individual (EPI) às forças de defesa e de segurança timorenses. O apoio constitui um esforço conjunto dos dois executivos para combater a covid-19 em Timor-Leste.

A informação foi dada aos jornalistas pelo Embaixador da China em Timor-Leste, Xiao Jianguo, após o encontro com o Ministro da Defesa (MD) em exercício, Filomeno da Paixão, no Quartel-General das Falintil-Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL), em Fatuhada.

Segundo Xiao Jianguo, a reunião teve como objetivo informar o MD do compromisso do Executivo chinês de oferecer estes equipamentos ao seu homólogo timorense no âmbito da prevenção de um possível surto do coronavírus no país.

De acordo com o embaixador, fazem parte destes EPI máscaras, óculos, capas impermeáveis, viseiras, botas, luvas médicas e aparelhos medidores de temperatura corporal.

O Ministro de Defesa em exercício, Filomeno da Paixão, confirmou a oferta de EPI e agradeceu o apoio.

“Recebemos hoje uma doação [de EPI] da China. Utilizamo-los para nos protegermos da covid-19”, afirmou o ministro aos jornalistas, após a reunião com o Embaixador da China em Timor-Leste, na passada quarta-feira (13/05).

Segundo Filomeno, estes equipamentos não serão apenas utilizados para os militares e agentes da polícia se protegerem da covid-19, mas também das chuvas.

Paixão revelou ainda que os materiais estão agora prontos e chegarão a Timor-Leste nas próximas duas ou três semanas.

Acrescentou que os EPI vão, em primeiro lugar, ser entregues à Polícia Nacional de Timor-Leste, seguindo-se depois as F-FDTL. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.