CFJJ: Maioria dos candidatos a defensores reprova na prova oral

by -151 views
Juiz Antoninho Gonçalves

Díli (Timor Post) – O diretor do Centro de Formação Jurídica e Judiciária (CFJJ),  o Juiz Antoninho Gonçalves, revelou que a maioria dos candidatos a defensores públicos reprovou na prova oral, ficando excluído dos testes psicológicos.

“Muitos candidatos a defensores públicos acabaram por ser excluídos da prova oral”, disse Antoninho Gonçalves ao Timor Post, na passada sexta-feira (10/12), no seu local de trabalho.

Segundo o magistrado, mais de 200 candidatos a defensores públicos participaram na prova oral, mas foram apenas admitidos 16 candidatos que se sujeitaram ao teste psicológico, ficando agora a aguardar pelos resultados finais.

“Caso os 16 candidatos sejam admitidos, frequentarão o curso de formação durante três anos. De seguida,  efetuarão um estágio como defensores públicos. O Governo necessita ao todo de 15 defensores públicos”, informou.

O juiz salientou, por outro lado, que 28 candidatos a procuradores realizaram ontem (13/12) o teste oral, dos quais 23 serão admitidos aos testes psicológicos.

Os candidatos admitidos, como refere Antoninho Gonçalves, iniciarão, em fevereiro do próximo ano, o curso de formação, cuja duração será de aproximadamente três anos. Findo o curso,  entrarão em estágio nos tribunais como estagiado. (jxy)

No More Posts Available.

No more pages to load.