Centro de Saúde de Vera Cruz tornar-se-á Hospital Municipal de Díli em 2022

by -38 views

Díli – O Centro de Saúde de Vera Cruz (CSVC) transformar-se-á, em 2022, num hospital municipal, revelou a Diretora do Serviço de Saúde do Município de Díli (SSMD), Agostinha Segurado.

De acordo com a diretora, a iniciativa da Autoridade Municipal de Díli e do SSMD terá como objetivo elevar o nível de alguns centros de saúde para hospitais, apoiando, assim, o Hospital Nacional Guido Valadares.

“Deverá ser criado o Hospital Municipal de Díli. Vamos transformar o CSVC, pois este dispõe de condições adequadas para se tornar neste tipo de instalações”, garantiu a responsável aos jornalistas, nesta segunda-feira (04/01), no seu local de trabalho, na Formosa.

Segundo a dirigente, embora o centro hospitalar seja, no próximo ano, erguido, a obra deverá também ser analisada em conformidade com a situação da crise sanitária da covid-19.

“Em termos infraestruturais, estamos preparados para o novo hospital. O Ministério da Justiça entregou também ao Ministério da Saúde um terreno que se localiza junto do CSVC para a ampliação do futuro edifício hospitalar. Dispomos atualmente de instalações com um piso, que serão em breve entregues pela empresa construtora”, assegurou.

Agostinha acrescentou que serão, neste ano, construídos três postos de saúde – um em Kada Bunak, outro no Suco de Nama-Lai Balibar e o restante no de Casnava – e de igual modo levadas a cabo obras de requalificação de uma unidade de saúde no Município de Díli.

“Como é sabido, um centro de saúde deve somente cobrir entre cinco e 25 mil habitantes. No entanto, o de Comoro não é suficiente para receber todos os residentes da área, pois existem mais de 25 mil pessoas. Queremos, por isso, construir o Hospital Municipal de Díli para garantir um serviço de saúde adequado a toda a população”, assegurou.

A responsável avançou ainda que o SSMD construirá igualmente um centro de saúde na área de Bebonuk, contudo há ainda problemas com o terreno.

Questionada sobre o valor total do orçamento para as obras de construção, a responsável disse desconhecer o montante, pois este é da competência da Direção-Geral da Cooperação do Ministério da Saúde. (res)