Centro de Saúde de Formosa com 2.033 doentes com problemas de pele desde janeiro a agosto

by -49 views

Díli – Segundo os dados do Centro de Saúde de Formosa, deram entrada, entre janeiro e agosto deste ano, 2.033 doentes com doenças de pele.

A informação foi dada, na quarta-feira (09/09), pelo Chefe deste centro de saúde, Jaime dos Reis Belo, que apontou a poluição e a falta de higiene pessoal como os principais fatores das doenças em causa.

De acordo com Jaime Belo, algumas das doenças de pele são transmissíveis, por exemplo, com a troca de vestuário entre pessoas.

Fez, como tal, um apelo ao pessoal do Serviço de Água e Saneamento (SAS) para que cumprisse as normas impostas, nomeadamente no que diz respeito à recolha de lixo.

“Os funcionários do SAS estão em risco. Precisam de utilizar luvas, chapéus, óculos e botas para que previnam da doença. Devemos seguir [as regras] de saúde. Apesar disso, a maioria dos trabalhadores do saneamento acaba por as cumprir”, sublinhou o responsável.

Recordou, de igual modo, que o stock de medicamentos destinado à cura destes problemas é suficiente e, de acordo com o responsável, os doentes têm sido bem tratados pelos profissionais de saúde.

Jaime Belo lembrou igualmente que alguns pacientes que sofrem desta doença vindos dos municípios foram, entretanto, transferidos para este centro de saúde. Contudo, o centro dá prioridade aos pacientes vindos das unidades de saúde de Na’in Feto, Cristo Rei, Comoro e Ataúro.

Jaimito Ximenes, paciente do Centro de Saúde de Cristo Rei, lembrou, por sua vez, que os problemas de pele podem provocar a morte, se não forem previamente tratados.

“Tenho um problema de pele nos meus pés, porque não usei chinelos na época da chuva. Há mais de quatro anos que sofro desta doença. Graças à pomada e a medicamentos dados pelos médicos, já estou recuperado”, referiu. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.