Centenas de jovens em consultas de cessação tabágica deixam de fumar

by -221 views
Foto Especial

DÍLI (Timor Post) – Centenas de jovens em consultas de cessação tabágica na unidade de apoio psicológico a fumadores já deixaram o tabaco, disse o médico responsável do centro, Eldino de Castro Rangel.

“São, no total, 205 os fumadores em tratamento nesta unidade. Muitos deles confessam que não querem já fumar por terem medo de contrair doenças semelhantes às das imagens nos maços”, afirmou Eldino Rangel aos jornalistas, na segunda-feira (17/01), no Centro de Saúde da Formosa.

O profissional de saúde avançou ainda que cada fumador é medicado duas vezes por semana durante três meses.

“Há duas sessões de tratamento com medicação para os fumadores com baixa dependência de tabaco. Na primeira, são dados conselhos e, de seguida, medicamentos antitabágicos até os próximos três meses”, sublinhou.

É de lembrar que foi inaugurada, em outubro do ano passado, a unidade de reabilitação de fumadores do Centro de Saúde de Formosa.

Já o Chefe de Departamento dos Serviços de Urgência do Hospital Nacional Guido Valadares (HNGV), Vidal de Jesus Lopes, disse que, de acordo com os dados hospitalares, a esmagadora maioria dos internados nesta unidade sofre de infeções respiratórias, cancro e doenças cardiovasculares.

“As doenças transmissíveis e intransmissíveis são causadas pelo estilo de vida de cada um. Há pessoas que gostam de fumar e outras optam por consumir alimentos com mais gorduras. Isso tudo provoca também hipertensão”, sublinhou.

Zezinho Felisberto, ex-fumador, conta, por sua vez, que deixou o tabaco por razões de saúde.

“Comecei a fumar desde que andava na escola secundária. Às vezes, fumava um maço por dia. Contudo, quer queira quer não, sou obrigado a deixá-lo para não contrair várias doenças. Mais vale prevenir do que remediar”, salientou. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.