CBP regista 440 casos de tuberculose em 2020

by -61 views

DÍLI – Lucilda Araújo Guterres, a responsável da Sala de Tuberculose da Clínica do Bairro Pité (CBP), informou que este estabelecimento de saúde registou 440 casos de tuberculose em 2020.

A responsável adiantou ainda que, apesar de alguns doentes serem oriundos de outros municípios, nomeadamente de Lautém, Baucau, Aileu, Ainaro e Liquiçá, a maioria é do Município de Ermera.

“A maioria dos pacientes com tuberculose vem do Suco de Manusa’e, Posto Administrativo de Hatolia, no Município de Ermera. Todos os anos, transferimos alguns dos doentes para o ISMAEK-Tíbar durante seis meses. Acompanhamos o progresso de cada um durante estes meses e tomamos outras medidas necessárias”, disse Lucilda Guterres, na passada sexta-feira (22/01), ao diário Timor Post, no seu local de trabalho, na CBP, Díli.

Lucinda referiu ainda que a CBP oferece, muitas vezes, tratamentos aos pacientes vindos de fora, que não residem de forma permanente em Díli, e isto dificulta o controlo da transmissão desta doença.

“Não podemos acompanhar se estes doentes conseguem prevenir o contágio perante os demais elementos da família. Sabemos que a tuberculose é muito infeciosa e devemos dar atenção à sua transmissão”, apelou.

Acrescentou que, quando o doutor Daniel Murphy ainda estava vivo, os medicamentos para a tuberculose eram doados à CBP por países como a Austrália e a Índia.

“Depois da sua morte, todos os meios e recursos, incluindo os medicamentos, têm o apoio do Gabinete para a Sociedade Civil do Gabinete do Primeiro-Ministro além do apoio financeiro do Ministério da Saúde. Tudo isto tem permitido o normal funcionamento da CBP”, concluiu. (mj1)

No More Posts Available.

No more pages to load.