Caso da UNPAZ continua sob investigação

by -53 views

DÍLI – O Comando do Município de Díli (CMD) da Polícia Nacional de Timor-Leste (PNTL) continua a investigar o caso da morte de um jovem ocorrida, no passado dia 21 de junho, no campus da Universidade da Paz (UNPAZ).

O Comandante do CMD, o superintendente-chefe Henrique da Costa, disse que o processo de investigação sobre a morte do jovem Henrique Maia está em curso, tendo sido efetuados várias buscas domiciliárias e não domiciliárias.

“A investigação ao caso da UNPAZ ainda está a decorrer. Já ouvimos várias testemunhas. Pretendo apenas esclarecer que o processo de investigação não está acabado, pois poderão surgir novos factos ou indícios reveladores de crime”, disse o comandante, esta segunda-feira (06/07), em declarações aos jornalistas, à margem do seu primeiro encontro com o Presidente da Autoridade Municipal de Díli.

Já o reitor da UNPAZ, Adolmando Amaral, referiu que a instituição académica mantém a cooperação com a PNTL na investigação do caso.

“Dezasseis estudantes suspeitos de estarem envolvidos no crime foram presentes a primeiro interrogatório. O tribunal decidiu aplicar-lhes como medida de coação o Termo de Identidade e Residência (TIR) por falta de provas concretas. São obrigados a apresentarem-se periodicamente todas as segundas-feiras”, recordou.

Adolmando Amaral referiu ainda que tem entrado em contacto com os pais da vítima na tentativa de se encontrarem indícios que levaram à morte de Henrique Maia.

“O pai da vítima encontrou-se connosco. Há uma boa colaboração entre a UNPAZ e a família do falecido na procura do autor principal deste caso”, referiu.

O reitor esclareceu ainda que, apesar da morte ocorrida nas instalações da UNPAZ, todas as atividades letivas da instituição universitária estão a decorrer dentro da normalidade.

“Pretendo informar o público que a UNPAZ não criou problemas com ninguém. Pelo contrário, outras pessoas é que nos criaram problemas”, afirmou Adolmando.

O caso remonta a 21 de junho, quando alegadamente terão ocorrido confrontos físicos entre jovens, no campus da UNPAZ, resultando na morte de Henrique Maia de 21 anos. (res)

No More Posts Available.

No more pages to load.